Riscos cibernéticos em tempos de home office: a atenção deve ser redobrada

É do conhecimento de todos que a pandemia do coronavírus impôs uma série de restrições às nossas rotinas de trabalho, estudo e lazer.

Para mitigar ou até mesmo anular os efeitos dessas restrições, a tecnologia está se mostrando uma grande aliada.

Estamos assistindo o crescimento meteórico de videoconferências, organização de tarefas online, transmissões ao vivo de artistas e personalidades para fins de entretenimento, além de observarmos uma grande aceitação das pessoas, inclusive daquelas que até então não lidavam com soluções do tipo.

No universo do trabalho, as empresas dos mais diversos portes estão adotando a modalidade home office, que consiste na participação dos colaboradores no cotidiano da empresa de forma remota, por meio de ferramentas que viabilizam isso.

Algumas empresas, inclusive, já cogitam manter a modalidade de trabalho home office na conjuntura pós-pandemia, pois identificaram grandes benefícios em termos de economia de custos, logística de colaboradores e otimização operacional.

Riscos cibernéticos diante desse contexto

Antes mesmo do cenário desafiador imposto pela pandemia, os riscos cibernéticos já vinham em tendência crescente de acordo com diversas entidades monitoradoras de segurança na Internet.

O mercado segurador global, que está constantemente propondo e aprimorando soluções securitárias para riscos cibernéticos, interpreta que o aumento do número de usuários simultaneamente online é um fator que facilita a proliferação de ataques a redes corporativas e domésticas e roubo de dados e informações sigilosas, promovendo assim um agravo na precificação de seguros para esse risco.

Acessar ferramentas de trabalho por meio de computadores pessoais, em sua maioria pouco preparados em termos de segurança cibernética, se tornou um expediente muito frequente nessa atual conjuntura e são questões muitas vezes ignoradas pelos tomadores de decisão, em especial nas pequenas e médias empresas.

Isso pode potencialmente provocar incidentes com sérios impactos financeiros e operacionais para toda a organização, em um contexto econômico já problemático.

Em razão disso, o recomendável é prezar pela conscientização dos colaboradores que estão atuando em home office.

Uma boa medida é estabelecer diretrizes de segurança para acesso remoto a ambientes de sistemas fornecidos pela empresa, como obrigá-los a manter suas estações de trabalho com um programa antivírus e atualizações de sistema em dia e proibir o compartilhamento de acessos com pessoal não autorizado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s