Setor de seguros cresce 12,6% no ano, com perspectiva otimista para 2020

No último dia 19 de Dezembro, ocorreu o habitual encontro anual promovido pela Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) no tradicional Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

goldenRoom
Copacabana Palace sediando evento da CNseg. Foto: Reprodução/Assessoria de Imprensa CNseg.

Durante o evento, que reuniu mais de 300 personalidades do setor, entre lideranças do mercado e autoridades, o Presidente da entidade, Márcio Coriolano, discursou com entusiasmo, ressaltando o aumento da ordem de 12,6% na arrecadação de prêmios pelo setor de seguros entre Janeiro e Outubro de 2019.

Em valores, o faturamento foi de 220,6 bilhões de reais (sem contabilizar o ramo de saúde suplementar e o seguro DPVAT).

Leia mais: Ibovespa acumula alta de 30% em 2019, registrando recordes históricos no período

O crescimento em questão supera com sobras a inflação do período e também se consolida como o maior dos últimos seis anos.

Confederação-CNseg
O Presidente da CNseg, Márcio Coriolano, durante o evento da entidade. Foto: Reprodução/Assessoria de Imprensa CNseg.

“Tivemos marcos importantes que criaram melhor ambiente de negócios para o mercado em 2019, como a votação da Reforma da Previdência e os novos marcos regulatórios que vão desde a Lei da liberdade Econômica até a prioridade dada, no Congresso Nacional, aos temas reformistas e a desregulamentação da economia. São mudanças que vão elevar o grau de competição entre agentes econômicos, gerando maior eficiência na vida nacional”, avaliou Coriolano.

O presidente da CNseg lembrou ainda que o setor se destacou pela resiliência, com aumento de eficiência operacional, ganhos de produtividade e solvência, o que ajudou a ampliar a base de seguros.

Também destacou que os meses de Novembro e Dezembro são, historicamente, os meses de maior aquisição de planos VGBL, que até Outubro registrou aumento de 18,7%.

“Uma base maior de pessoas está comprando planos VGBL. Há, sim, um efeito da aprovação da reforma da Previdência”, admitiu.

Solange Vieira, Superintendente da SUSEP convidada para a solenidade, afirmou em discurso que o setor segurador ainda tem um grande espaço para se desenvolver e que a autarquia atua justamente para isso.

Informou ela que a partir de Fevereiro a apólice eletrônica já deverá estar autorizada para grandes riscos e, em mais um ano e meio, todos os segmentos poderão utilizá-la, seguindo a linha de sua fala sobre inovação do mercado.

“Atuamos para que o setor possa trabalhar ‘na palma da mão’, com contratos feitos pelo celular”, declarou Solange.

Sobre a MP 905, que desregulamentou diversos mercados, inclusive o de corretores de seguros, disse acreditar que será positiva para a sociedade, para as empresas e até para os corretores, apesar “de algumas quebras de ovos que possam ocorrer”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s