Você consegue imaginar uma cadeia logística sem a presença do seguro?

Pense em uma gigantesca cadeia logística.

Daquelas que movimentam e entregam cifras astronômicas em um período anual.

Daquelas que contam com vários participantes diretos e indiretos, que são até difíceis de relacionar e colocar em uma esquematização gráfica.

Daquelas que dão razão de existir aos empregos dos tomadores de decisões que habitam os altos escalões empresariais, dos que trabalham arduamente no cotidiano operacional e também dos que possuem alguma relação indireta com a mesma.

Daquelas que detém uma participação expressiva na economia brasileira e exercem forte influência em seus indicadores.

Agora imagine o leque de riscos a que tudo isso está exposto e os impactos sociais e financeiros que um evento ligado a um risco pode causar e seus respectivos efeitos em cascata.

Se você fizer esse exercício, certamente uma hora irá desistir de relacionar tudo.

Porque, em algum momento, verá que isso escapa da nossa capacidade de raciocínio pela sua evidente infinidade.

Depois disso, consegue imaginar a viabilidade e estabilidade econômica de uma cadeia logística sem a presença do seguro, com todos os seus elementos jogados ao desejo da sorte?

Eu acho que você já sabe a resposta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s